Lambedura excessiva de patas

O hábito de lamber as patas excessivamente pode ser considerado um transtorno compulsivo geralmente ligado a estresse e ansiedade em cães, ou até mesmo um comportamento de busca de atenção.

Para compreender melhor o assunto confira aqui o texto que escrevi para o Blog Seu Buldogue Francês, mas que aborda o assunto de maneira geral, independentemente da raça (ou não) do seu cão.

Se desejar discutir sobre o tema deixe o seu comentário que irei responder brevemente.

1 Comentário

  • Karin Schmidt Barros
    Posted 27 de outubro de 2016 10:59 0Likes

    Preciso urgente de ajuda…faz um ano que estou com uma yaza apso. Resgatei das ruas. Entrou submissa. .tenho mais dois cães. Uma fêmea basset e um vira lata machinho já castrado. De treis meses pra cá; minha vida em casa virou um inferno com dolly. A yaza apso, de meiguice ficou agressiva. Ataca minha basset do nada…e chega a bater no macho. E na hora de repreende lá. .Chega tentar me avançar.cheguei ao ponto de doa- lá para uma amiga. Hoje está com essa amiga.mais ela me ligou..pedindo pra fica lá um final de semana. E a trouxe..fatal…brigou novamente. E machucou tanto minha basset e ela mesmo. E acabei me machucando ao se parar briga. Então dolly está separada …e antes conviviam super bem. Percebi que dolly desde que entrou não aceita comando. Quer dominar..
    E eu, não aceito..isso também imponho…
    Essa minha amiga que adotou dolly. Vai viajar em fevereiro. E só aceitou ficar com dolly. Se eu ficasse com ela quando precisar viajar. A minha dúvida é? Tem alguma maneira de Dolly parar de ser agressiva.?

Deixe um comentário

This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram Access Token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.

Error: No posts found.

Make sure this account has posts available on instagram.com.

Error: admin-ajax.php test was not successful. Some features may not be available.

Please visit this page to troubleshoot.

Subscribe to our creative news & articles We will be emailing you the updates.
Inscreva-se.


pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese