12 de jun de 2017

O seu cão está preparado para frequentar ambientes Pet Friendly?

  
                                      
Esta é a pergunta que deve ser feita antes de sair com o seu cão para ir a um café, por exemplo. Para uma pessoa que realmente gosta de cachorros, não há nada mais prazeroso do que sair acompanhado pelo seu cão. Além do sentimento de tranquilidade por saber que ele não está sozinho em casa enquanto aproveitamos a vida, também existe o prazer pela melhor companhia deste mundo.



Eu costumo levar as minhas por "todos os cantos". Atualmente, elas me acompanham até em minhas aulas, na minha Classe para Cachorros.

Se pretende desfrutar da companhia do seu cão garanta que ele saiba se comportar bem em ambientes públicos, e que tenha sido ensinado a ter o que chamamos de “boas maneiras”, incluindo:

  • Não pular em pessoas que se aproximam ou na hora de interagir
  • Não reagir com latidos ou agressividade à pessoas e cães
  • Não chorar ou latir pedindo atenção
  • Não pedir comida à você ou outras pessoas
  • Saber esperar deitado calmamente por todo o tempo em que o tutor permanece sentado em um ambiente

Se o seu cão sabe responder adequadamente aos itens elencados acima, parabéns! Vocês estão prontos para começarem a frequentar ambientes públicos e Pet friendly.

Mas se esta ainda não é a sua realidade, saiba que é possível prepara-lo para tanto. Você pode iniciar o treinamento dele, ensinando-o a oferecer as respostas listadas acima, bem como, melhorar o comportamento que ele apresenta dentro do ambiente doméstico, afinal, os itens acima estão totalmente relacionados a como o cão se comporta dentro de casa.



Um cachorro que não possui boa educação no ambiente em que vive, e não sabe interagir adequadamente com as pessoas, jamais saberá como se comportar fora de casa. Mas mesmo quando souber como deve agir dentro do ambiente em que vive, ainda assim terá que ser preparado para os externos, e isto deve ser feito através de treinos em exposições graduais ao ambiente, e sempre de maneira positiva.

Através do ensino de bons comportamentos e seus reforços, é possível preparar um cão para o convívio em sociedade. Para tanto, não há necessidade alguma do uso de aversivos nos treinos. Como aversivos nos treinos considero o uso de: enforcadores, trancos, punições, ameaças, uso de jatos de spray, entre outros itens desagradáveis que provocam medo e intimidação nos cães.

Para ensinar utilize sempre e apenas técnicas positivas de educação canina.
Bons treinos!


Revisão de Fabiane Tomaselli 
Postar um comentário