27 de jul de 2016

Lambedura excessiva de patas


O hábito de lamber as patas excessivamente pode ser considerado um transtorno compulsivo geralmente ligado a estresse e ansiedade em cães, ou até mesmo um comportamento de busca de atenção.

Para compreender melhor o assunto confira aqui o texto que escrevi para o Blog Seu Buldogue Francês, mas que aborda o assunto de maneira geral, independentemente da raça (ou não) do seu cão.

Se desejar discutir sobre o tema deixe o seu comentário que irei responder brevemente.

Um comentário:

Karin Schmidt Barros disse...

Preciso urgente de ajuda...faz um ano que estou com uma yaza apso. Resgatei das ruas. Entrou submissa. .tenho mais dois cães. Uma fêmea basset e um vira lata machinho já castrado. De treis meses pra cá; minha vida em casa virou um inferno com dolly. A yaza apso, de meiguice ficou agressiva. Ataca minha basset do nada...e chega a bater no macho. E na hora de repreende lá. .Chega tentar me avançar.cheguei ao ponto de doa- lá para uma amiga. Hoje está com essa amiga.mais ela me ligou..pedindo pra fica lá um final de semana. E a trouxe..fatal...brigou novamente. E machucou tanto minha basset e ela mesmo. E acabei me machucando ao se parar briga. Então dolly está separada ...e antes conviviam super bem. Percebi que dolly desde que entrou não aceita comando. Quer dominar..
E eu, não aceito..isso também imponho...
Essa minha amiga que adotou dolly. Vai viajar em fevereiro. E só aceitou ficar com dolly. Se eu ficasse com ela quando precisar viajar. A minha dúvida é? Tem alguma maneira de Dolly parar de ser agressiva.?