8 de out de 2010

O Cão e o Lobo


De passagem rotineira pelo blog da Claudia Estanislau, li esse trecho do artigo "As origens do Cão" da bióloga Carla Cruz, da edição de outubro/2010 da Cães e Companhia. Achei por Bem, postar aqui!

"Independentemente do local ou data de domesticação, dizer que o cão descende do lobo é tão incorrecto como dizer que o homem descende do chimpanzé. Trata-se apenas de uma simplificação quiça algo abusiva da realidade. Efectivamente, no período em que a domesticação terá ocorrido, não existia o lobo tal como o conhecemos hoje; tratava-se de uma espécie ancestral comum, que terá dado origem por um lado ao lobo e por outro ao cão, consoante alguns animais se adaptaram a um ou outro nicho ecológico.

E, mesmo que hipoteticamente, o ancestral do cão tivesse sido um lobo semelhante aos actuais, passaram-se milhares de anos em estreita convivência e evolução com as pessoas, que moldaram características físicas e comportamentais únicas, diferentes das de um animal silvestre.
O cão deverá ser sempre tratado e encarado como um cão, e não como um lobo em nossa casa!" - Carla Cruz, Bióloga, Mestre em Produção Animal e Doutoranda em Ciência Animal excerto do artigo "AS ORIGENS DO CÃO" in Cães e Companhia edição de Outubro de 2010





Postar um comentário