17 de jul de 2010

Maga lee e o boi



A Maga Lee chegou a nossa casa há pouco tempo. Por volta de duas semanas, e por ser uma cadela crescida na rua ela é muito sociável com pessoas e outros cães e gatos. Mesmo assim tem muitas coisas que ela não conhece e fica assustada quando se depara com elas.
Algumas eu já identifique! E uma delas são bois e cavalos.

Como ela era uma cadela que vivia no centro da cidade e lá ela não se deparava com tais animais, quando isso aconteceu aqui na região da minha casa ela ficou muito assustada.

Então passei a fazer o seguinte trabalho com ela:
Durante nossos passeios, sempre passamos na calçada do outro lado da rua em frente ao posto de gasolina, onde tem um boizinho muito lindo e mansinho (o que facilita muito o processo dessensibilização que faço 
com ela).
Então caminhamos calmamente pela calçada e quando nos aproximamos do boi eu peço que  ela que se sente, e assim que o faz é recompensada com comida. Então saímos damos outra voltinha e paramos em frente a ele novamente. Repito o processo. Saímos e voltamos mais uma vez, e cada vez nos aproximamos mais do boi.
Como já estamos fazendo isso há alguns dias, na última vez que fomos lá eu pude fazer cafuné no boi que me mostrou que gosta tanto de carinho como a própria Maga lee.
É necessário considerar o limite de espaço que o cachorro se sente a vontade perto do outro animal, e  conforme ela vai estando à vontade com o boi por perto eu vou diminuindo a distância gradualmente e com muita calma, respeitando o tempo da Maga lee.
Cada cachorro tem seu próprio tempo. O importante é respeitar isso e saber como aumentar gradualmente. Se notar que adiantou demais o exercício, então deve recuar e voltar ao passo anterior onde o cão se sentia bem.
Com o tempo ela associará o boi a coisas boas, e não terá mais medo quando se deparar com um a sua frente. Então o processo terá alcançado o fim almejado!

Postar um comentário