18 de mai de 2010

O que o Dono Mãe/Pai quer do seu cachorro/filho


Quando alguém me liga para falar de seu cachorro eu logo pergunto:
O que você quer do seu cão?



E o que escuto são coisas do tipo: "Eu quero que ele pare de pular nas pessoas!" ou "Quero que ele me obedeça quando eu falar com ele!", "Quero que ele deixe o veterinário examiná-lo", ou então: "Quero que ele faça as necessidades no lugar certo!"...
E é aí que entra o meu trabalho. O que desenvolvo é a sadia interação entre a família e seu animal de estimação de forma que exista uma comunicação entre as duas espécies.
Quem deve ensinar o seu animal de estimação é você mesmo! O dono! O Pai e a Mãe!
Cabe ao profissional orientar os donos do "peludo" e trabalhar junto à família para construir uma relação equilibrada entre ambos.
Essa relação deve ser divertida, com respeito e carinho entre ambos, pois, assim como "gentileza gera gentileza" a "agressão também gera agressão"!
O treino do seu cão deve ser feito na sua presença!
Você deixaria um professor chegar na sua casa, pegar seu filho e sair para a rua para ensiná-lo longe dos seus olhos? Toda a família deve participar! Crianças principalmente!
Nada de militarismo, os treinos devem ser momentos de brincadeiras e descontração.
Aqui em casa, quando estou a clicar logo vem o Nero, a Tequila e agora o Francisco, e começam a querer a brincadeira.
Essa é a maior prova do que é um treino positivo!
Postar um comentário